mardi, juin 28

Prolongement

Acabado o DESUP, acaba-se também o meu motivo para estar em Paris.
Ainda assim, optei por ficar cá mais uns tempos. Em princípio até ao fim do mês.
Barrigada de crepes, portanto.

Os motivos desta decisão são bastante simples, na verdade.
Não vou fazer nada para Lisboa (ou para qualquer outro sítio) nesta altura. E férias por férias, achei que sempre podia aproveitar um bocado mais de Paris enquanto ela ainda é a minha cidade e não simplesmente um destino de viagem (é tão diferente visitar uma cidade ou viver nela).
Para além de que há ainda tantas coisas que não vi ou não fiz...

Claro que isto é uma decisão que pode fazer muito sentido no plano teórico. Mas que tem algumas desvantagens em termos práticos...
Desde logo não leva em conta o que custa estar cá e ver toda a gente com quem partilhámos estes últimos meses partir. Quem parte diz adeus a tudo de uma única assentada. Quem fica, passa pelo processo de despedida várias vezes. Não é fácil.

É a mesma coisa que ter que escolher entre morrer atropelado por um TIR ou ficar preso numa sala sem comida e bebida durante uma semana. Acelera pá!
Claro que há despedidas que custam mais do que outras. Mas o pouco que custam as fáceis não compensa o muito que custam as difíceis.
E aos poucos vou-me dando conta de que Paris já não é o que era. Nem vai voltar a ser.

Para tudo agravar, o tempo de Julho não tem tido nada a ver com o tempo de Junho. Parece-se mais com Fevereiro ou Março.
Chove diariamente, as temperaturas desceram (numa altura em que eu já mandei tudo o que era roupa quente para PT) e do sol nem sinais. E Paris é tão diferente sem sol.
E portanto, é assim, agora que o Sol se foi, a decisão de ficar, que parecia tão óbvia e lógica de início, começa-se a parecer mais como uma decisão à Miguel.
Mesmo que haja esperanças que o sol volte, e que o tempo melhore, estes dias não têm sido fáceis pois não era bem o que eu estava à espera.

Vou ver se compenso com uma procura de soluções para o meu futuro. Aceitam-se ofertas de empregos muito interessantes, bem remunerados, e levezinhos (posso dispensar uma destas características, não sou esquisito).



(...)

3 Comments:

At 12:56 AM, Blogger Carla Luis said...

"(...) começa-se a parecer mais como uma decisão à Miguel. (...)"
E não é por isso que são únicas?
Diverte-te por aí, seu grande sortudo!
Tenho a certeza que coisas giras para fazer não vão faltar!
(E não, não estou a falar do Pigalle! :p)
Beijinhos!!!
Carla

 
At 6:03 PM, Blogger kel said...

Isso do tempo é que é pior, mas de resto... NÃO TENS DESCULPA PARA ESTAR TRISTE... NO WAY!!! Estamos nós para aqui amorfados a atrofiar os poucos neurónios que ainda nos restam, e tu... EM PARIS!!!!

ps - Posso sugerir que te agarres à net a planear as próximas férias...? :-)

 
At 3:03 AM, Blogger MP said...

O Pigalle só lá vou às terças à noite, q há descontos.

Prolongamento ganho em penaltys.
Ou assim se espera.
Don't worry que o q já cá está já ninguém tira, e tudo o q vier por acréscimo é ganho.

 

Enregistrer un commentaire

<< Home