mercredi, février 9

Cerelac no Luxemburgo

Hoje o meu Passeio-Digestivo (um novo conceito que acabei de criar, mas que de facto tenho praticado quase sem excepção desde que cá estou) foi ao Jardin du Luxembourg.
Muito fixe, desde logo porque mais uma vez fica ali mesmo ao pé do sítio das "Aulas" e da minha "cantina favorita". 5 minutos a pé, tops.
É um espaço enorme, com vários courts de ténis (pode vir sempre a dar jeito), jardins a perder de vista e que quando estiver calor promete ser mais um bom sítio para fazer uns almoços-portáteis (é só conceitos novos) de baguettes.
Hoje, adicionalmente, ainda haviauma exposição de fotografia que circundava todo o jardim muito interessante. Bem, as fotos não eram tão giras como as minhas. Mas viam-se.

Seguiu-se uma ida à outra ponta da cidade em busca de uma casa de produtos portugueses (ok, n foi bem... mas foi um desvio com esse único propósito). Como bons tugas, passavam 2o minutos da hora de re-abertura, e ainda não estava lá ninguem. Fiquei a babar-me pela montra com as latas de Atum Bom Petisco e os Pacotes de Farfale Milaneza. E fui-me embora como cheguei, de mãos a abanar...

Boa notícia - acabei por encontrar Cerelac num dos Supermercados ao pé de casa onde costumo ir. E era o Cerelac o principal motivo da minha (frustrada) deslocaçaõ à loja tuga.
Má notícia - era provavelmente o Cerelac mais caro do mundo! 4,25 €uros por um pacote dos pequenos! E ainda por cima daqueles com o novo grafismo, que é bem pior do que o "grafismo tradicional" com a foto de há 20 anos. Apenas nós os verdadeiros apreciadores de Cerelac (sempre com leite frio, nada de morninhos panascas) sabemos a verdadeira diferença. Claro que trouxe na mesma, já que a minha bolsa de investigação estatal serve mesmo para estas coisas. Está tudo a pagar pelo meu over-expensive Cerelac! ehehehe





(Achas que eles ainda vêm atrás de nós, Lelito?)

1 Comments:

At 12:43 PM, Blogger kel said...

LOL

 

Enregistrer un commentaire

<< Home